Rio de janeiro
Agenda Inovação Junho -   Julho    -     Agosto   Avançar Voltar 2018 -   2019 Avançar
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 06
  • 07
  • 08
  • 09
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
Apoio Financeiro e Editais

Notícias

Rio Grande do Norte lança edital de inovação na empresa

A Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte (Fapern) lançou, no fim de julho, o edital do Programa de Subvenção à Inovação Tecnológica para Micro e Pequenas Empresas (Pappe Subvenção), que faz parte do programa Inova RN. Poderão concorrer empresas com faturamento de R$ 1,2 milhão a R$ 10,5 milhões. Os recursos são de R$ 4 milhões, oriundos do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e do governo potiguar. Estima-se que sejam financiados 35 projetos, com valores de R$ 100 mil a R$ 150 mil. São considerados prioritários projetos em áreas como agronegócio, aqüicultura,  fruticultura, processamento de alimentos, medicamentos, controle de poluentes, biocombustíveis, energias alternativas, nanotecnologia e neurociência, entre outros. O prazo para envio de projetos é 24 de setembro.

Segundo o site da Fapern, os projetos subvencionados devem aumentar a competitividade das MPEs e ampliar as atividades de inovação no meio empresarial, possibilitando o incremento de emprego, renda e a arrecadação de tributos. Os órgãos financiadores esperam que o programa Inova RN incremente o desenvolvimento de inovações tecnológicas; coloque no mercado novos produtos que atendam aos padrões nacionais e internacionais de qualidade e contribua para o desenvolvimento de mudanças no processo produtivo das empresas visando uma maior competitividade, para o incremento na geração de emprego e renda, para a redução dos custos de produção, para o aumento na diversificação de produtos a fim de atender um maior número de consumidores, para a utilização de técnicas ambientalmente corretas, e para a capacitação de mão-de-obra.

(Fonte: Pesquisa Fapesp, 150 - agosto 2008 e Fapern)

 

Mais notícias sobre recursos à inovação

Destaques

Livro Branco da Inovação Tecnológica

Instituições Associadas

ABIFINA
ABIMO
ABINEE
ABIQUIM
ALANAC
FIEMG
IPD FARMA
SEBRAE