Rio de janeiro
Agenda Inovação Setembro -   Outubro    -     Novembro   Avançar Voltar 2018 -   2019 Avançar
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 06
  • 07
  • 08
  • 09
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
Apoio Financeiro e Editais

Notícias

APLs receberão R$ 10 milhões para financiar projetos

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) está selecionando propostas de financiamento para projetos de capacitação, formação e pesquisas tecnológicas e de inovação voltados especificamente para os Arranjos Produtivos Locais (APLs). O prazo para envio de propostas é até 22 de setembro. O Senai do Paraná e outras organizações do Sistema Federação das Indústrias do estado (Fiep, IEL, Sesi) apóiam 20 APLs industriais e incentiva as empresas e instituições de ensino a apresentarem projetos.

 

As propostas aprovadas serão financiadas com recursos não-reembolsáveis. Para todo o Brasil foram disponibilizados R$ 10 milhões, com R$ 445 mil para os estados do Sul. Os projetos devem abordar os seguintes temas: capacitação, formação ou resolução de gargalos tecnológicos em APL.

 

"Os arranjos têm papel fundamental no desenvolvimento econômico, social e tecnológico das regiões, beneficiando as empresas e integrando as comunidades locais, centros de tecnologia e pesquisa, organizações de ensino e entidades públicas e privadas", disse o presidente da Fiep, Rodrigo da Rocha Loures. Segundo ele, isso possibilita às pequenas empresas mais competitividade e inserção em novos mercados, inclusive externos, bem como geração de empregos. "Por isso o Programa APL é prioritário para o Sistema Fiep e deverá ser cada vez mais fortalecido", afirmou Loures.

 

Temas

 

Para o tema Capacitação e Formação serão selecionadas propostas de elaboração e aplicação de cursos de especialização voltados para a formação de agentes gestores de APL. Serão selecionados cinco cursos, distribuídos para cada região do país e com duração máxima de seis meses. O valor solicitado para elaboração e execução de cada curso não deverá exceder R$ 250 mil.

 

Para o tema Fomento a Projetos Específicos, a meta é apoiar propostas que promovam a interação de instituições de pesquisa e pesquisadores com as empresas integrantes do APL. A finalidade é solucionar gargalos tecnológicos para o desenvolvimento e consolidação das empresas. Os temas a serem tratados devem estar relacionados a questões como redução de custos, comercialização, estabelecimento de marcas, melhoria e agregação de valor aos produtos, redução de impactos ambientais e implementação de sistemas e parceria para a certificação de produtos.

 

 

(Fonte: Agência CNI - 08/09/2008)


 

Mais notícias sobre recursos à inovação

Destaques

Livro Branco da Inovação Tecnológica

Instituições Associadas

ABIFINA
ABIMO
ABINEE
ABIQUIM
ALANAC
FIEMG
IPD FARMA
SEBRAE