Rio de janeiro
Agenda Inovação Julho -   Agosto    -     Setembro   Avançar Voltar 2019 -   2020 Avançar
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 06
  • 07
  • 08
  • 09
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
Apoio Financeiro e Editais

Notícias

Terminam dia 30 as inscrições para as empresas interessadas em participar do Brazil Accelerate 2030

Terminam no dia 30 de Abril as inscrições para as empresas brasileiras participarem do Brazil Accelerate 2030, iniciativa do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e do Impact Hub. O objetivo é identificar negócios inovadores que atendam pelo menos um dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. O projeto conta com a parceria da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Fundação Grupo Boticário, Pfizer e International Trade Centre. 

 

Cerca de 30 negócios em operação e com potencial de escala serão selecionados para participar da fase nacional do projeto e, após seis meses de programa, as três com melhor desempenho serão indicadas para a etapa global, iniciada em Genebra e composta por rodadas internacionais de negócios. Ao todo, 16 países participam da iniciativa. Dez empresas de todo o mundo estarão na fase final. As inscrições podem ser feitas pelo site https://brazil.accelerate2030.net/

 

O coordenador do Accelerate2030 Brasil, André Maciel, reforça que o objetivo é justamente jogar luz sobre negócios inspiradores, além de dar a eles uma oportunidade real de escala global. “Se uma empresa consegue impactar bem o Brasil em temas como água potável e saneamento, energia sustentável e saúde, por exemplo, provavelmente ela também será relevante em outras partes do mundo”, enfatiza. “A ideia do programa é dar maturidade para que esses negócios alcancem a sua missão”, completa.

 

Além dos já citados por Maciel, outros 13 temas contemplam os Objetivos Desenvolvimento Sustentável da ONU, como erradicação da pobreza, ação contra as mudanças climáticas, consumo e produção responsáveis e educação de qualidade.

 

Em 2017, o brasileiro Ezequiel Vedana, fundador da Piipee foi um dos aprovados para a fase global do programa que lhe rendeu o título de Líder Global da Água para a ONU. Além disso, a participação no projeto deu escala ao negócio e, atualmente, a empresa já está abrindo o seu primeiro escritório fora do Brasil. A Piipee produz um spray que ao ser borrifado em um vaso sanitário com urina dispensa o uso da descarga, gerando, assim, economia de água. Pelas contas do empresário, desde 2015, o produto já gerou uma economia de cerca de 400 milhões de litros de água.

 

Escopo

Embora o Brasil já tenha participado da etapa global, em 2019 o Accelerate 2030 terá um escopo muito mais completo do que nos anos anteriores. Pela primeira vez, ocorrerá uma fase Brasil em que as empresas passarão por um processo de trabalho e aprendizado ao longo de seis meses. Nas outras edições, as companhias nacionais já eram analisadas e indicadas para a fase global sem uma ciclo prévio.

 

Agora, as empresas selecionadas passarão por um diagnóstico e terão acesso a uma rede global de empreendedores para networking, colaboração e capacitação. A programação inclui encontros online e presenciais nas cidades onde o Impact Hub está presente – Florianópolis, Curitiba, São Paulo, Belo Horizonte, Brasília e Manaus. Negócios de todo o país podem se inscrever. O programa cobra uma taxa de R$ 1500 para custos com deslocamentos e outras despesas durante os seis meses do projeto. 

 

Apoiadores

Os apoiadores do Accelerate2030 Brasil acreditam no programa como uma forma de difundir negócios com propósitos relevantes para o planeta e que vão de encontro com seus próprios objetivos.

 

“Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar é um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, uma das principais necessidades da população mundial, e uma das metas da Pfizer. Para realizar esse sonho tão desafiador, precisamos unir forças”, comenta o presidente da Pfizer Brasil, Carlos Murillo.

 

Já o coordenador de Negócios e Biodiversidade da Fundação Grupo Boticário, Guilherme Karam, reforça que os benefícios oferecidos pela natureza são essenciais para o bem-estar social e para o desenvolvimento econômico. “Acreditamos que negócios de impacto em conservação da natureza são importantes aliados dos esforços públicos e filantrópicos com essa finalidade e precisamos de bons modelos que sirvam de exemplo para novas iniciativas”.

 

Por fim, o presidente da ABDI, Guto Ferreira, destaca que é papel da agência difundir a digitalização da economia e promover a inovação nas cadeias produtivas. “Nesse sentido, o programa é estratégico, pois possibilita que os empreendedores do país ganhem escala global. Os novos modelos de negócio devem encarar os grandes desafios para as questões de sustentabilidade e nós queremos que o Brasil seja um ator importante na proposição destas soluções”.

 

 

 

(Fonte: Exame - 24/04/19)

Instituições Associadas

ABIFINA
ABIMO
ABINEE
ABIQUIM
ALANAC
FIEMG
IPD FARMA
SEBRAE