PROTEC

Rio de janeiro
Agenda Inovação Agosto -   Setembro    -     Outubro   Avançar Voltar 2018 -   2019 Avançar
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 06
  • 07
  • 08
  • 09
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
Fármacos e Medicamentos

Notícias

Instituto Vital Brazil produzirá novos medicamentos oncológicos para o SUS

O Instituto Vital Brazil (IVB) firmou quatro Parcerias de Desenvolvimento Produtivo (PDPs) com os laboratórios EMS e Globe Química para a produção dos medicamentos oncológicos Capecitabina, Dasatinibe, Erlotinibe e Hidroxiureia. O objetivo do acordo, firmado no fim do mês passado, é nacionalizar a tecnologia de produção, para reduzir os custos e a dependência de importação destes medicamentos pelo Ministério da Saúde.

 

Segundo o presidente do IVB, Edimilson Migowski, as novas PDPs significam um largo passo para o aumento de seu portfólio de oncológicos, já que permitirão a fabricação de quatro medicamentos utilizados no tratamento de diferentes tumores.

 

O IVB já produz, por meio de PDPs, a Rivastigmina, utilizada no tratamento de Alzheimer, e o oncológico Imatinibe, que combate a leucemia mieloide crônica.

 

— As PDPs são um avanço no campo da saúde, estimulam a independência em relação aos importados e reduzem custos para o Ministério da Saúde — explica Migowski.

 

SOBRE OS MEDICAMENTOS

A Capecitabina é indicada para o tratamento de três tipos de cânceres: de mama, colorretal e o gástrico. O Dasatinibe é utilizado no tratamento de leucemia mieloide crônica. O Erlotinibe é indicado para o tratamento de câncer de pulmão, uma das principais causas de morte em todo o mundo, com 90% dos casos associados ao tabagismo. A Hidroxiureia é utilizada em pacientes com doença falciforme, mas também é indicada para tratamento de doenças neoplásicas e leucemia mieloide crônica, psoríase e policitemia vera.

 

 

 

(Fonte: O Globo – 28/04/2018)

Destaques

Livro Branco da Inovação Tecnológica

Instituições Associadas

ABIFINA
ABIMO
ABINEE
ABIQUIM
ALANAC
FIEMG
IPD FARMA
SEBRAE