PROTEC

Rio de janeiro
Agenda Inovação Agosto -   Setembro    -     Outubro   Avançar Voltar 2018 -   2019 Avançar
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 06
  • 07
  • 08
  • 09
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
Fármacos e Medicamentos

Notícias

BNDES apoia com R$ 252 milhões 1ª fábrica de medicamentos de grande porte no Nordeste

Fábrica do Grupo Aché no Complexo de Suape, em Pernambuco, deve criar 3 mil novos postos de trabalho, entre empregos diretos e indiretos. Projeto, cuja pedra fundamental foi lançada nessa segunda, 7, tem potencial para ampliar o acesso a medicamentos genéricos na região. Participaram da cerimônia a diretora de Empresas do Banco, Claudia Prates, o governador Paulo Câmara e a presidente do Aché, Wânia Nogueira.

 

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) financia com R$ 252 milhões a nova fábrica de medicamentos — concentrada em genéricos — do Aché Laboratórios, cuja pedra fundamental foi lançada nesta segunda-feira, 7, no Complexo de Suape, município de Cabo de Santo Agostinho (PE).

 

A cerimônia contou com a presença da diretora de Empresas do BNDES, Claudia Prates, do governador de Pernambuco, Paulo Câmara, e da presidente do Aché, Wânia Nogueira.

 

Com o objetivo de apoiar a construção da primeira planta produtiva de um grande grupo farmacêutico no Nordeste, o financiamento do BNDES compreende 77,7% do investimento da primeira fase, que será de R$ 325,8 milhões. O apoio do Banco também prevê investimentos sociais na comunidade do entorno.

 

Na segunda fase, os investimentos totais, que também poderão contar com apoio do BNDES, podem chegar a R$ 500 milhões. O projeto do Aché visa ampliar a capacidade de produção, estocagem e distribuição de medicamentos. Impactos - Entre os impactos esperados, está o uso de mão-de-obra local tanto na construção quanto na operação da fábrica. Na primeira fase de construção da fábrica estão previstos 210 novos postos de trabalho qualificados.

 

A unidade fabril terá conceitos de sustentabilidade e operacional alinhados aos padrões regulatórios mais elevados do mundo. Ao final da execução do empreendimento, deverão ser gerados cerca de 3 mil novos postos de trabalho entre empregos diretos e indiretos.

 

Nordeste – O Aché escolheu o Cabo de Santo Agostinho (PE), no Complexo de Suape, para a instalação da nova planta industrial devido à facilidade logística, ao potencial de mercado local e à existência de mão-de-obra qualificada. Suape é um complexo industrial portuário que fica a 40 Km do Recife (PE), sendo um hub concentrador e distribuidor de cargas não só para o Nordeste, mas também para o Norte do Brasil.

 

O Nordeste apresenta atualmente crescimento expressivo do mercado farmacêutico total, com expansão de demanda bruta (reais) de 16,2% entre 2012 e 2016. Pela proximidade com Recife (PE), o Complexo de Suape oferece facilidade de acesso a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), referência para os cursos de formação de mão-de-obra qualificada, além de uma unidade da Fundação Oswaldo Cruz e o segundo maior laboratório público do país, o Lafepe.

 

BNDES - O BNDES é o principal financiador da indústria farmacêutica brasileira, setor de elevada intensidade tecnológica e gerador de externalidades positivas para a sociedade. Desde 2004, o BNDES já apoiou 88 projetos de investimento, totalizando R$ 5,1 bilhões. Diversos estudos apontam para a efetividade do apoio do Banco à indústria farmacêutica.

 

As empresas apoiadas pelo BNDES apresentaram 66% de aumento da capacidade produtiva e tiveram 157% mais pessoas ocupadas com pesquisa e desenvolvimento na comparação com a média do setor farmacêutico entre 2004 e 2007. Além disso, estima-se que 15% de todos os medicamentos lançados no Brasil entre 2007 e 2014 contaram com apoio do Banco, totalizando mais de 500 medicamentos registrados na Anvisa.

 

 

 

(Fonte: Portal Fator Brasil – 08/05/2018)

Destaques

Livro Branco da Inovação Tecnológica

Instituições Associadas

ABIFINA
ABIMO
ABINEE
ABIQUIM
ALANAC
FIEMG
IPD FARMA
SEBRAE