Rio de janeiro
Agenda Inovação Setembro -   Outubro    -     Novembro   Avançar Voltar 2018 -   2019 Avançar
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 06
  • 07
  • 08
  • 09
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
SENAI

Notícias

Para secretário, sociedade precisa conhecer resultados dos investimentos em ciência

Para mostrar para a sociedade os resultados obtidos com os investimentos em ciência e tecnologia, teve início nesta quarta-feira (12), em Brasília, o 1º Seminário de Avaliação de Políticas de Ciência, Tecnologia e Inovação, realizado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE).

 

“Todos nós sabemos a importância da ciência, tecnologia e inovação, mas precisamos mostrar para a sociedade, com transparência, quais resultados entregamos. O ministério está imbuído, junto com o CNPq, em mostrar esses dados para a sociedade em tempos de recursos escassos”, afirmou, na abertura do evento, o secretário-executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Elton Zacarias.

 

O diretor de Cooperação Institucional do CNPq, José Ricardo de Santana, defendeu o estímulo à capacidade inovadora do país por meio de estudos que contribuam para melhor compreensão do tema. Também afirmou que o seminário vai contribuir para divulgar projetos científicos, ampliando o debate sobre estratégia de fomento e promovendo nacionalmente o intercâmbio entre profissionais e pesquisadores.

 

“Este encontro significa o fortalecimento das instituições e a institucionalização de um espaço para discussões regulares sobre a avaliação de políticas de ciência, tecnologia e inovação, bem como para despertar o interesse e reflexão sobre o tema”, disse Santana.

 

Durante dois dias, os pesquisadores participarão de debates e painéis sobre avaliação de programas, iniciativas de inovação, programas governamentais e marco regulatório. “O seminário é fundamental pois precisamos de avaliação e estatísticas para saber o que está acontecendo”, observou o pesquisador Eduardo Albuquerque, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

 

 

 

(Fonte: MCTIC – 12/09/2018)

Destaques

Livro Branco da Inovação Tecnológica

Instituições Associadas

ABIFINA
ABIMO
ABINEE
ABIQUIM
ALANAC
FIEMG
IPD FARMA
SEBRAE