Rio de janeiro
Agenda Inovação Dezembro -   Janeiro    -     Fevereiro   Avançar Voltar 2018 -   2019 Avançar
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 06
  • 07
  • 08
  • 09
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
SENAI

Notícias

Startups lideram inovação do agronegócio

As startups de alta tecnologia estão liderando a inovação no agronegócio mundial, se destacando nas áreas de aplicações de inteligência artificial e de robotização. De acordo com o portal especializado do jornal Clarín Rural, da Argentina, o sistema de produção agrícola está enfrentando um processo de ruptura generalizada de características revolucionárias que afeta profundamente os seus fundamentos e modifica a sua natureza.

 

Nesse cenário, a necessidade de modernização e adoção de técnicas diferenciadas baseadas em tecnologia e startups vem atingindo as grandes cadeias globais de produção, tanto dos Estados Unidos, quanto da Europa e da China. Isso é o resultado de duas tendências convergentes, sendo o primeiro a mudança na demanda dos países emergentes, liderados pela República Popular da China, quando o consumo em massa de proteínas da carne é a maior transição alimentar na história.

 

Desta forma, o consumo de carne, principalmente vermelha, tornou-se um componente fundamental da dieta dos chineses, especialmente os cortes nobres da nova classe média, que já tem 440 milhões de membros com níveis de renda comparáveis aos da população norte-americana. Em segundo lugar, houve uma transformação irreversível dos gostos dos consumidores no mundo avançado, que passaram quase inteiramente de marcas de consumo de massa para produtos voltados à saúde.

 

Além disso, ainda existem cerca de 800 milhões de pessoas desnutridas ou famintas no mundo nas regiões mais pobres do continente africano, Índia e América Latina, mas há mais de 1.5 bilhão de pessoas afetadas pela epidemia global de obesidade e hiperobesidade. Esses fatores, de acordo com o portal, estão exigindo que as empresas atualizem os seus métodos de produção.

 

 

 

(Fonte: Agrolink - 04/12/18)

Instituições Associadas

ABIFINA
ABIMO
ABINEE
ABIQUIM
ALANAC
FIEMG
IPD FARMA
SEBRAE