Rio de janeiro
Agenda Inovação Outubro -   Novembro    -     Dezembro Voltar 2019 -   2020 Avançar
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 06
  • 07
  • 08
  • 09
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
RETS

Notícias - RETS

Agroquímicos são fundamentais para cadeia agrícola

O setor dos agroquímicos são parte fundamental para o desenvolvimento da cadeia agrícola brasileira, permitindo-lhe alcançar e exceder seus objetivos. Foi isso que afirmou João Sereno Lammel, Engenheiro Agrônomo e Vice-Presidente de Agrotóxicos da Associação Brasileira da Indústria Química Fina, Biotecnologia e suas Especialidades (ABIFINA), em entrevista exclusiva para o Reimagine Agro.

 

“Considero o setor uma parte fundamental da cadeia agrícola, permitindo-lhe alcançar e exceder seus objetivos. No entanto, é um mercado altamente dependente de importações, carente de iniciativas, correções e uma estrutura fiscal equilibrada para estimular a produção local e reduzir a dependência externa”, afirmou ele.

 

Em relação à instabilidade no fornecimento de matérias-primas no setor, o especialista as avalia de forma competitiva e dinâmica, sendo que as empresas de defesa estão experimentando instabilidade no mercado devido a mudanças na indústria química chinesa. “Os efeitos dessa reestruturação já estão sendo sentidos, pela falta de produtos e aumento dos custos de importação. Claro que esta situação terá mais repercussões”, completa.

 

“No Brasil, outros fatores que dificultam o crescimento e a inovação são a falta de previsibilidade na aprovação de produtos e a falta de incentivos para a formulação local. Os prazos também não são cumpridos e os procedimentos são demorados, reduzindo e atrasando o lançamento de soluções para o mercado agrícola brasileiro. Nesse cenário, é essencial aumentar a produção nacional, reduzir nossa dependência de importações. Para fazer isso, o governo precisa implementar uma política estável e positiva”, conclui ele.

 

 

 

(Fonte: Portal do Agronegócio - 10/07/19)

Instituições Associadas

ABIFINA
ABIMO
ABINEE
ABIQUIM
ALANAC
FIEMG
IPD FARMA
SEBRAE