Rio de janeiro
Agenda Inovação Dezembro -   Janeiro    -     Fevereiro   Avançar Voltar 2017 -   2018 Avançar
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 06
  • 07
  • 08
  • 09
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
Patentes

Notícias

INPI lança segunda edição do relatório “Indicadores de Propriedade Industrial”

Com o objetivo de dar transparência às informações sobre os direitos de propriedade industrial (PI) e aprofundar o entendimento do papel que a PI desempenha no sistema de inovação do Brasil, o INPI disponibilizou a segunda edição do relatório “Indicadores de Propriedade Industrial”, que traz uma visão descritiva das estatísticas de depósitos e concessões no período de 2007 a 2016.

 

A publicação engloba indicadores diversificados e com maior nível de desagregação de dados em relação às estatísticas preliminares divulgadas mensalmente no portal do Instituto. As informações do relatório estão organizadas por: pedidos de depósitos de residentes e não residentes, países, municípios, natureza jurídica do depositante, área tecnológica, além do ranking dos maiores depositantes por tipo de direito de PI.

 

Confira o relatório e as tabelas completas com os dados de 2000 a 2016 na página de estatísticas do INPI, que foi reorganizada para facilitar o acesso dos usuários às informações.

 

Evolução dos depósitos no Brasil

Em 2016, o INPI recebeu 31.020 pedidos de patentes, apresentando a terceira redução anual seguida (-6,1% em relação a 2015) desde o recorde de 34.046 pedidos em 2013.

 

No tocante às marcas, em 2016 houve número recorde de pedidos (166.638), o que representou aumento de 3,5% em relação ao ano anterior.

 

O total de 6.027 pedidos de desenho industrial em 2016 indicou queda de 0,2% frente o ano de 2015. No entanto, observou-se crescimento de 13,2% nos últimos dez anos.

 

Já os pedidos de registro de programas de computador apresentaram taxas de crescimento positivas em todos os anos no período entre 2007-2016, com alta de 11,5% de 2015 para 2016.

 

Foram depositados 86 pedidos de indicações geográficas no INPI entre 2007 e 2016. No entanto, esses depósitos não apresentam uma tendência clara ao longo do período.

 

 

 

(Fonte: INPI – 21/11/2017)

Destaques

Livro Branco da Inovação Tecnológica

Instituições Associadas

ABIFINA
ABIMO
ABINEE
ABIQUIM
ALANAC
FIEMG
IPD FARMA
SEBRAE