Rio de janeiro
Agenda Inovação Julho -   Agosto    -     Setembro   Avançar Voltar 2019 -   2020 Avançar
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 06
  • 07
  • 08
  • 09
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
Políticas Públicas e Economia

Notícias - Políticas Públicas e Economia

Brasil insiste em mudar a OMC

Em sua estreia no G-20 no Japão, nesta semana, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) vai ressuscitar uma proposta que já vem sendo defendida pelos últimos governos brasileiros há algum tempo: a reforma da Organização Mundial do Comércio (OMC) e novas regras para subsídios agrícolas caso se aprovem normas mais restritivas para subsídios industriais.

 

O governo, inclusive, vai tentar o apoio dos demais países do BRICS (Rússia, Índia, China e África do Sul) para essa plataforma de governança internacional. Segundo o porta-voz da Presidência, general Otávio Rêgo Barros, está prevista uma reunião do BRICS em paralelo à cúpula do G20, formado pelas 19 maiores economias do mundo mais a União Europeia. O encontro está sendo articulado pelo Brasil, que atualmente exerce a presidência do bloco.

 

A posição brasileira é negociar todos os temas, mas já se sabe que, se as economias desenvolvidas tenderem a regras mais restritas para subsídios industriais, o Brasil vai propor mudanças nas normas para subsídios agrícolas. “Não obstante, é um direito nosso, até por soberania nacional, de colocarmos as nossas intenções, as nossas definições das tratativas que venham a ocorrer e, eventualmente se nós tivermos que enfrentar decisões e tratativas advindas de outros países, nós vamos ter que usar as ferramentas diplomáticas e comerciais que são normais nesse tipo de negociação”, destacou, ontem, o porta-voz da Presidência da República, segundo a Reuters.

 

Além de obsoletas por terem sido estabelecidas décadas atrás, as regras para subsídios agrícolas é um dos pontos centrais dos conflitos comerciais em várias partes do mundo, e que acabam sempre prejudicando os países exportadores menos industrializados, caso do Brasil. No fundo, as regras para subsídios acabam funcionando, na prática, como barreiras.

 

Além da tentativa de uma aproximação maior com os BRICS para fortalecer a posição brasileira, o presidente Bolsonaro também buscará fortalecer conversações com o presidente chinês, Xi Jinping, antes do encontro do G20.

 

 

 

(Fonte: DCI - 26/06/19)

Instituições Associadas

ABIFINA
ABIMO
ABINEE
ABIQUIM
ALANAC
FIEMG
IPD FARMA
SEBRAE